Dolly alega calote de contador

A Dolly, que teve unidades de suas engarrafadoras fechadas na última quinta-feira (17) como resultado da Operação Clone, da Secretaria da Fazenda de São Paulo, firmou acordo com a pasta para retomar as atividades.

A empresa afirma ter sido vítima de desvio de pelo menos R$ 100 milhões causada por Rogério Raucci, sócio do escritório de contabilidade Raucci & Domingues, que prestava serviços à empresa desde 2001.

O esquema, segundo a Dolly, veio à tona a partir de depoimento de Esaú Domingues, que possui 1% das ações do escritório de contabilidade.

Fonte:https://www.jornalcontabil.com.br/refrigerante-dolly-reabre-fabrica-e-contador-admite-desvio-milionario-de-impostos/

©2020 - A4 Contabilidade. Todos os direitos reservados.